terça-feira, 18 de março de 2014

Mariposa e suas amigas

Da viagem que fiz no feriado trouxe algumas lembrancinhas da natureza que encontrei tanto no mato quanto na cidade.


Aqui o destaque é pra esta mariposona do centro, que foi a maior surpresa: eu encontrei na entrada de um shopping! É um verdadeiro tesouro, mesmo estando com as asas um pouco danificadas. Mas o mais supreendente é que, segundo pesquisei, esta se trata de uma mariposa Attacus atlas, e segundo a Wikipedia, ela deveria ser encontrada somente na Ásia e além disso, supostamente, é rara. No entanto, já ouvi de 2 amigas diferentes que disseram ter visto (e fotografado) esta mariposa por aqui...


A mariposa Atlas é considerada a maior do mundo (pelo menos em termos de área total das asas, pois em se tratando de envergadura, ela é superada pela mariposa-imperador), com envergadura de 25-30 cm. Só que esta que eu encontrei tem apenas 16 cm de envergadura... Será que existe uma variação tão grande no tamanho dos espécimes? Eu achava que borboletas e mariposas de uma mesma espécie sempre teriam mais ou menos o mesmo tamanho... vai entender!

EDIT: Muito tempo depois - hoje, dia 19 de maio de 2015 - descobri que essa mariposa não é uma Atlas! E sim, uma Rothschildia aurota. Ela me parece bem semelhante nos desenhos, porém, é menor e, essa sim, é encontrada nessa região! Está explicado! Desculpem a confusão! =)

* * *
A mariposinha que parece folha seca, na parte de baixo da foto, eu não pesquisei qual é, mas também encontrei no shopping (estava um verdadeiro cemitério de mariposas por lá) - juntamente com as marronzinhas e aquelas pequeninas e brancas, que têm asas peroladas e um rabicho de vassoura. Tirei fotos em close destas porque gosto muito de coisas furta-cor:

A borboleta amarela, a vespa enorme e aquele capacete de besouro encontrei em trilhas no mato, juntamente com a pena, que é preta-amarronzada com sutis reflexos azulados.

Onde estive (que era numa área de camping em Analândia - SP, pra quem estiver curioso!) também havia muitas daquelas borboletas Morpho, que são azuis por cima e marronzinhas com "olhinhos" embaixo. Eram enormes e era lindo vê-las flutuando por lá, com o azul metálico brilhando ao sol. Não sei exatamente de que espécie eram, e infelizmente só consegui fotografar uma que estava pousada, com as asas fechadas:


(é claro que varri toda a área com os olhos em busca de uma destas morta pra eu poder trazer comigo, mas não foi desta vez...)
Real Time Web Analytics