domingo, 18 de agosto de 2013

Arranhões

Às vezes postar aqui no blog é a mesma coisa que contemplar uma folha em branco na qual eu preciso desenhar e não conseguir encontrar o fio que me levará ao resultado final.
Eu tenho uma necessidade muito grande de me expressar, mas nessas vezes eu fico em silêncio porque não consigo responder às perguntas internas: o que vale a pena ser dito? E eu tento imaginar as pessoas que lerão ou verão o que eu escrever ou postar aqui, e meio que não consigo enxergá-las na minha mente. Eu não consigo me comunicar com elas, e nem comigo mesma. Aí me calo.
Mas volta e meia alguém resolve me dizer como gosta de ver as coisas que posto aqui, e eu tento me convencer de que vale a pena, e tentar me livrar dessas armadilhas estagnantes que criei na minha própria cabeça, dessas cordas de racionalidade excessiva que amarram aquilo que poderia simplesmente fluir.
Sei que falo disso por aqui muitas e muitas vezes, estou sempre falando sobre o tempo que passou sem eu postar nada, e matutando sobre os motivos que me levam a isso. Mas é, fazer o quê, é uma questão constante. Que eu queria muito resolver. Queria quebrar de vez minhas represas e tomar o meu espaço.

* * *

Vou postar várias coisinhas, então.


Faz tempo que não encontro bichinhos mortos, mas ganhei alguns de presente, hehe! Essas coisinhas quem me deu foi o Raine, que aliás (fazendo uma propagandinha básica) é músico independente e tem um projeto lindo chamado Through Waves. Vão conhecer, tenho certeza de que irão gostar. ♥ Olhem que amor essa mini lagartixinha mumificada.



* * *

Fiz mais algumas impressões giclée! Fiquei feliz com elas. Todas estão na minha loja, lembrando que se comprar direto comigo e pagando por depósito, o valor tem desconto. =)



* * *

Vou finalizar com uma foto de cogumelos que tirei no Jardim Botânico. Eu estava indo lá com frequência, antes do pior do inverno chegar. Caminhava e sempre que via cogumelos, parava e tirava uma foto. Gosto muito de cogumelos, por algum motivo sempre fico feliz quando encontro um (ou uns...).


13 comentários:

  1. Sabe, Carol, eu entendo o que você sente, porque eu também sinto um pouco disso, mas o que eu tenho pra te dizer é que você não deve se preocupar tanto. Todas as pessoas que frequentam seu blog, inclusive eu, estão aqui por que te admiram pelo que você é, não só pelos seus desenhos. Poste o que tiver na cabeça, sendo você mesma, sempre valerá a pena, pois quem está aqui é porque realmente gosta do que você transmite.
    O que você faz inspira muitas pessoas, inclusive, foi frequentando seu blog que me orientei à construir minha identidade artística. Foi lendo as suas postagens que eu percebi quão magnifica a natureza é.
    Bom, é isso que eu tenho para te dizer.

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lacrimejei um pouquinho quando li sua mensagem. Sou grata. É exatamente isso que preciso me lembrar, "ser eu mesma" e sem me preocupar, centrar-me interiormente, pra que não haja esse empecilho que eu mesma me ponho. Obrigada por seu apoio, Matheus. ♥ É muito importante pra mim, de verdade, ouvir que oq eu faço faz bem a alguém.

      Excluir
  2. Desenha uma segurando os seios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não senhor. Os seios não vão a lugar algum e não precisam ser segurados.

      Excluir
  3. Tb me sinto assim tipo...sempre.
    E vivo abandonando meu blog xD na verdade eu acho meus posts bem idiotas ... e agora fiquei com vontade de postar xD

    Vou te contar uma história, teeeempos atrás uma amiga minha (a Mary) tava no Mayhem e t achou numa commu lá de artes e me mostrou seus desenhos e eu fiquei omg!!!! Depois de uns tempos não lembro como eu achei seu blog, e segundo meu namorado fiquei babando em vc xDDD
    Eu comecei a ler todos os posts sem parar, me identifiquei com sua alma, afinal, eu tb gosto de arte, natureza, do babado (xDD) e sou insegura xD. Ficava imaginando como seria sua cara, até q vi numa foto com um besouro e te achei linda O_O, mel dels ela é um personagem!!!
    Depoius achei seu twitter etc...
    Gosto muito dos seus posts, são simples e me trazem sorriso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai gente, quanto amor! Não sabia dessa historinha aí não, Bela! ♥ E acho que nem sabia que vc tava no Mayhem, hahaha, faz muuuito tempo mesmo que não participo de lá, desde que postei lá algumas imagens. É muito legal de ver que algo que, aparentemente de inicio, pra mim, não teve lá nenhum resultado, de repente alguém vem dizer que justamente aquilo a trouxe até aqui. É um efeito borboleta inesperado. Obrigada, Bela! ♥

      Excluir
    2. Eu non to lá mas a minha amiga tá lá xD dizem q ta meio abandonado aquilo

      Excluir
    3. Sim, acho que tá mesmo hahaha

      Excluir
  4. Sua arte e seu blog são maravilhosos! <3 Não se sinta na obrigação de postar, mas... a gente fica bem feliz quando os posts veem! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Line! Gosto muito de saber que alguém fica feliz hahaha ♥

      Excluir
  5. Carol, o silêncio verbal nem sempre é ruim. Mesmo não tendo palavras para postar aqui, você tem inúmeras outras maneiras de se expressar, como com essa foto dos cogumelos ♥ coloca mais fotos das suas andanças, aposto que dirão muito nesse momento em que as palavras falham.
    Gosto muito de ti! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, é que nessas horas eu fico me sentindo tão vazia q nem consigo pensar em outras alternativas de como dizer coisas... vou sim postar mais fotos, obrigada pela ideia! ♥♥

      Excluir
  6. Seu blog eh perfeeeeeeitooo !!! To apaixonada *_*


    Wanessa

    ResponderExcluir

Real Time Web Analytics