quinta-feira, 25 de julho de 2013

Coração em chamas


Ou "Cor Ardens", em latim.
Finalizei a pintura mesmo com aquele probleminha acontecendo, porque não tem muito mesmo o que fazer. Quem sabe um dia, de posse de uma tecnologia mais avançada, eu retoque essa pintura, hahaha.

Tô com muito frio pra escrever mais qualquer coisa. Detalhe do rosto:


5 comentários:

  1. Gostei muito de conhecer teu trabalho, sou ilustrador / estudante de artes, apesar de estar em processo de fazer meu portfólio ainda, nas correrias do dia a dia. Sobre teu problema técnico, é aquilo que tu achou mesmo: número de cores do RGB. Ajudaria se transformasse pra 16 bits. Mas igual ao reconverter voltaria... e tu sentiu isso nessa pois tem baixo contrastes e tons escuros com variação muito suave. Já passei muito por isso ao fazer degradês de branco pra cinza, uma das soluções é adicionar noise pra quebrar a dureza. Abraços, parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eduardo, muito obrigada pelas dicas! Eu tentei converter pra 16 bits, mas não ajudava tanto assim - o color banding ainda acontecia, só que com um pouco mais de tons - e por algum motivo algumas opções de ajustes de cores do photoshop não funcionam em 16 bits se me lembro... acabei deixando em 8 bits mesmo. Eu adicionei noise e texturas, não solucionou mas talvez tenha dado uma disfarçada. Mas é algo q me deixou mto triste hahaha, acho q eu nunca tinha reparado nisso pq não costumava pintar coisas escuras desse jeito. Mto obrigada e um abração! =)

      Excluir
  2. Adoro seus trabalhos, esse dai está somente espetacular, nada mais!

    ResponderExcluir
  3. "O coração em chamas esfumaçante parece discordar de sua imobilidade, mas quando percebo a metade direita de seu rosto vejo sua sensualidade e prazer que atraem. Mas como calcular o perigo de se aproximar de seus chifres ou de ter contato com sua morbidade?"

    ResponderExcluir

Real Time Web Analytics