quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Mais e mais passarinhos

Hoje tirei do vaso de terra o crânio da rolinha que eu tinha deixado lá pros insetos limparem (a rolinha dona daquelas asas que postei antes), e também o crânio de um filhote de rolinha que o Allan havia me mandado um tempão atrás (quer dizer, ele mandou o passarinho inteiro, não só o crânio haha), que eu demorei pra pegar porque fiz mal em deixá-la inteira lá - os vermes a devoraram e deformaram todo o corpinho, e a pele secou sobre os ossos, tornando a limpeza difícil, e eu estava com preguiça de mexer naquilo (e o cheiro também não era muito bom). Mas hoje havia recém-chovido e a água amoleceu a pele do crânio, permitindo que ela fosse retirada.

Aqui estão os dois:

Não estão perfeitamente limpos, mas trato disto depois.
Também fotografei um craniozinho que o Allan (é, sempre ele hahah) me mandou mais recentemente. Não sei de que passarinho é, mas esse já veio naturalmente limpinho:


E lembram do pardalzinho que encontrei outro dia? Eu havia cortado as asas, a cabeça e os pezinhos e deixado numa caixa com areia de gato para secarem. Ontem tirei da caixa, estão secos e sem cheiro. E as asinhas são a coisa mais linda. Eu acho que nunca havia reparado como os pardais são lindinhos, por serem um passarinho tão comum...


Ainda hoje encontrei um filhote de passarinho morto, já seco também, e um pouco esmagado. As peninhas são pretas, o que me faz desconfiar que seja um filhote de chupim. Não fotografei ainda porque o dia já estava escurecendo (só tiro fotos à luz do dia). Também tenho um outro filhote que encontrei na linha do trem (não faço ideia de como foi parar lá), quando andava sobre ela, vou tirar foto dos dois mais tarde.

E ainda tenho duas cabeças de pardal, um macho e uma fêmea, mas ainda estão com pele e penas e terra grudada.

E ainda - encontrei um pardalzinho atropelado, totalmente esmagado. Aquele doeu no meu coração quando encontrei. Uma de suas asinhas ainda estava mais ou menos inteira, então trouxe ela comigo e também coloquei na caixa de areia de gato para secar. Não vai ficar tão bonita quanto essas das fotos, que pertenciam a um pardal que estava inteirinho, mas ainda vai ser uma pequena homenagem à vida do passarinho.

19 comentários:

  1. oi, caroline. falei com você onteontem no twitter (sou a outra pessoa que guarda bicho morto) e agora que vi a foto - e que meus cachorros mataram um rato-do-mato - fiquei pensando: você já, errrrrr, meteu algum bicho no forno / fritou em imersão / enterrou? como o rato do mato já tá meio decomposto, pensei em enterrar... não sei.

    ResponderExcluir
  2. pardais são mesmo muito fofos, prefiro encontrar pardais do que aqueles pombos nojentos que vivem aqui em São Paulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos os animais são belos. Nojentos são seres humanos como você.

      Excluir
  3. Mais uma pergunta, como você faz para colocar essa janela de comentários, o seu blog usa o blogger, e eu costumo achar muito difícil comentar nele, mas no seu é fácil, como você consegue?

    ResponderExcluir
  4. Que gracinha essas asas!

    Realmente eu não tinha percebido o quanto pardais são bonitinhos.

    E que linda essas penas!

    ResponderExcluir
  5. Quase briguei com vc. Mas eu li que vc não mata eles. Vc poderia incluir uma introdução esclarecendo que eles não foram mortos e que vc não concorda com a crueldade contra eles? Levei um susto, mas achei bonita a sua homenagem.

    Quando eu era criança eu tentava salvar os passarinhos que eu encontrava, eu achava que poderia ressucitá-los... =(

    ResponderExcluir
  6. Stela, haha... desculpe pelo susto! De fato não mato e nunca mataria nenhum passarinho (e nenhum outro bicho). Todos eles encontro mortos por aí e guardo suas partezinhas bonitas.
    Vou colocar uma nota esclarecendo isso na coluna do lado do blog, pra ninguem mais se assustar. =)

    ResponderExcluir
  7. Olá! achei um passarinho morto e enterrei ele num vaso. pesquisando sobre isso, achei seu blog! gostaria de saber quanto tempo leva até os ossos estarem relativamente limpos? obrigada!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Alessandra!
    Passarinho é pequeno então não leva muito tempo. Mas eu não sei te dizer exatamente quanto tempo... eu deixaria por umas 3 semanas, e daria uma olhada pra ver como tá, hehe.

    ResponderExcluir
  9. Deus! Eu li isso mesmo? Vc tem serios problemas de cabeça!!! Deve ter a ossada da sogra enterrada no quintal! Kkk tem louco p tudo e o inferno tem lugar pra todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas só o homo sapiens que não vale nada nesse planeta. De sapiência não vejo nada, mas de psicopatia vejo muitooooo!

      Excluir
  10. A merda sua sádica, doente, depravada, vais se tratar ô demônio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ué, as pessoas tem costume de enterrar corpos de cadáveres que morrem no cemitério pra ficarem apodrecendo e todo mundo acha normal... Arqueólogos e cientistas e médicos lidam com cadáveres humanos all the time e todo mundo acha normal... Agora pegar ossadas de partes bonitas de passarinhos q morreram naturalmente é coisa do demônio? ô santa ignorância... O inferno deve estar lotado de Taxidermistas a essa altura, então. "A merda" digo eu pra gente IGNORANTE. :)

      Excluir
    2. Essa Larissa obviamente é uma pessoa perturbada mentalmente, mas nem essa pertubação ou falta de cultura dela são realmente um problema. O problema dessa Larissa nem é também ela ser uma pessoa sem educação. O problema dessa Larissa é essa mania feia de querer aparecer e chamar atenção sem ter nada nela que vale a pena.

      Excluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Oi, achei há um tempo atrás um passarinho que tinha tido a cabeça comida por um mico (suponho), tinha um buraco profundo no corpo intacto, muito deprê. Hj em dia não tenho ânimo pra fazer isso que vc faz, mas quando era moça tinha. Com a idade, o receio e emoção causados pela morte ficaram mais fortes do que o espírito científico. No entanto, ainda coleciono insetos, tenho uma caixinha cheia deles. Enfim, só queria falar isso, boas pesquisas pra vc!

    ResponderExcluir
  13. Oi! Me identifiquei tanto com você. Tenho isso como hobby, também. Pego alguns bichinhos que meus gatos matam (infelizmente) e alguns atropelados na rua. Tento montar, quando possível. Olha meu insta: @mutt.bsb
    Me responde? Vou ficar tão feliz de trocar ideia ctg ^^

    ResponderExcluir

Real Time Web Analytics