quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Penudos

Hoje encontrei dois passarinhos mortos: um sabiá e um pardal. O engraçado é que foram em duas ruas pelas quais eu não deveria ter passado - eu me perdi (pra variar) e acabei dando umas voltas desnecessárias, e foi aí que encontrei os passarinhos.

O sabiá já estava se decompondo, então não quis trazer pra casa. Coloquei ele num formigueiro, para as formigas limparem. Com sorte, consigo recuperar uns ossinhos, se as formigas não sumirem com eles.
O pardal havia morrido há pouco tempo, estava sem cheiro, então coloquei ele numa sacolinha e trouxe pra casa. Procurei na internet sobre como preservar asas de pássaros, e encontrei um método nativo-americano em que se deixa as partes que se deseja conservar (geralmente asas, cabeça e pés) imersas em farinha de milho (aquela mais granulada, não a fininha), pois os grãos absorvem a umidade e os odores e deixam as partes secas, mumificadas.

Eu não tinha farinha de milho, então ao invés disso usei areia de gato, pois li em algum lugar que teria o mesmo efeito (já que serve pra isso mesmo - absorver umidade e conter odores). Daqui umas semanas, eu posto os resultados.

Este é um filhotão de urubu que apareceu na portaria do meu prédio. Parece que os urubus têm um ninho na sacada de um apartamento fechado, e ele deve ter caído de lá. Só que aparentemente não sabia voar ainda, então ligaram pra um número pra virem buscar - não sei pra quem, prefeitura, sei lá - só que era feriado e falaram que só viriam no dia seguinte. Só que no dia seguinte - hoje - não vieram, e o bichim, disseram, passou pelas grades e saiu andando pela rua. Minha mãe diz que tem certeza de que na verdade fizeram ele sair, porque devia ter moradores reclamando do cheiro e da sujeira (o pobrezinho fedia). Não encontramos ele mais, espero que esteja bem. =(

Um comentário:

  1. Ai que triste sorte a do urubuzinho :(
    Meus gatos acharam um passarinho morto agora mesmo, ainda não fui ver como ele está. Se estiver legal vou tentar alguma coisa XD
    No Etsy tem algumas pessoas que vendem colares e acessórios com crânios de bichinhos ou partes de bichos em geral. Lembro q entrei também num site com peças bem bonitas de ratos e raposas, segundo a idealizadora eram todas carcaças de animais que morreram pelo acaso ou naturalmente.
    Que você acha disso Carol? Nunca ficou com vontade de fazer peças com os bichos que você encontrou?
    *formspring feelings u-u*

    ResponderExcluir

Real Time Web Analytics