sábado, 23 de abril de 2011

Gatinhos

ATUALIZAÇÃO: Cheguei em casa hoje e recebi a notícia da dona do salão de que um rapaz foi lá e levou os 3 gatinhos... fiquei só um pouco chateada por não saber quem era e tal, queria me certificar de que era de confiança, que irá castrá-los, ter tela nas janelas, etc. Mas bem... agora é apenas esperar que eles sejam tratados com muito carinho e tenham uma vida feliz.

Vou sentir saudades deles =/

Obrigada a todos que ajudaram a divulgar! ♥

Esses gatinhos lindos, com poucas semanas, foram abandonados pela mamãe deles (na verdade não se sabe o que aconteceu ela, ela simplesmente desapareceu), e eles ficaram à própria sorte. Eles estão numa casa que é um salão de beleza aqui perto.

O problema é que as donas de lá não querem saber deles. Até estão dando ração e água, mas querem se livrar deles o quanto antes. Inclusive, uma delas me disse que, por ela, já tinha "jogado fora" (sim, nessas palavras). Fiquei chocada e achei que ela estava brincando. Falei que eles morreriam se ela os jogasse na rua. Ela disse "não, eles vão se virar", com uma convicção estranha nas palavras.

Fiz ela prometer que não faria nada disso, e antes de fazer qualquer coisa, falasse comigo antes, que daí eu traria eles pra casa. Falei que ia tentar arrumar bons donos pra eles. Ela concordou...

Hoje passei na frente do salão pra dar uma olhada nos gatinhos, pra ver se estavam com água e comida, pois neste feriado o salão não abriu e não sabia se estavam tomando conta deles, e tinha um papel colado no portão dizendo assim:

"GOSTOU DOS "GATOS"? PODE LEVAR. SÃO DOAÇÃO."

E eu fiquei morrendo de ódio. O desleixo e insensibilidade com umas vidinhas deste tamanho, que cabem na mão. Como se fossem lixo. "Doação"? É praticamente um despejo. Como se dissesse "levem daqui essas desgraças", não importa nem quem pegue, alguém mal-intencionado pode levá-los, dane-se... Eu, no dia anterior, divulgando no twitter em busca de donos responsáveis, e no dia seguinte me botam um cartaz destes... eu deveria ter arrancado, mas não o fiz. A chuva de hoje deu conta de derreter aquelas letras.

E olha que o salão é muito bem arrumadinho e tudo mais, pertence a gente muitíssimo bem de vida. Pena que quando se trata de sensibilidade e empatia, essa gente seja tão ignorante.

Bem, é isso. Gostaria muito de conseguir bons donos pra essas fofurinhas. Eu só consegui pegar 1, eles são meio ariscos e se escondem no jardim. Esta que peguei, no meu colo, é uma fêmea. Desconfio que sejam 2 fêmeas e 1 macho.

Eles são bem pequenininhos mesmo, mas estão comendo ração. Estão, é claro, cheios de pulgas, mas me comprometo a ajudar financeiramente nas primeiras vacinas, e na castração (quando tiverem idade), se precisar.

O dono precisa ser responsável e carinhoso, ter disposição para cuidar bem do gatinho, e se morar em apartamento, ter as janelas teladas (isto é sério. Muitos anos atrás, perdi uma gatinha que caiu de uma das únicas janelas da casa que não eram teladas. Hoje, todas são).

Ah, eles estão em Curitiba-PR, é claro. Interessados, entrem em contato comigo, pode deixar um comentário aqui neste post mesmo, ou me escrever, para nocturnine5@yahoo.com.br.

22 comentários:

  1. http://www.malvados.com.br/tirinha1488.jpg

    :)

    ResponderExcluir
  2. Caro Anônimo,

    pra pessoas, já existem milhares de organizações, além de existirem leis que amparem, mas para animais, ninguém liga. Além do mais, animais não matam sem necessidade, não roubam, não abusam... eu não colocaria uma pessoa estranha dentro de casa, mas não tenho medo de abrigar nenhum animal.

    Lina

    ResponderExcluir
  3. Caro Anônimo,

    sim, já conheço esta tirinha dos Malvados. Sabia que era esta antes mesmo de clicar no link.

    Este é um argumento que toooodos os protetores de animais estão carecas de ouvir. Se é que pode ser chamado de argumento.

    Vc veio aqui como anônimo (corajoso, né?) postar isso aí como um "recado", como uma "crítica", de como eu deveria me importar mais com humanos do que com animais? Com tantos mendigos e crianças passando fome, etc, etc, a gente aqui se importando com bichos, que bobagem né?

    Tão falacioso.

    1: se importar com animais não impede que eu me importe com pessoas. As coisas não são excludentes.
    2: ninguém precisa dizer pra ninguém "com o que a pessoa deve se importar". Cada um está procurando fazer o melhor q pode pra melhorar o mundo (ou não fazer nada né)
    3: não considero uma vida de um animal não-humano menos importante que a de um humano. São criaturas que sofrem, sentem dor, fome, medo, tanto quanto humanos, e também estão desamparadas. Só que elas ainda têm a desvantagem de serem consideradas "inferiores" e não merecerem mta atenção e bom tratamento, e de não conseguir comunicar seu sofrimento nem tomar conta de si mesmas sozinhas, estando totalmente à mercê dos humanos.
    4: logicamente os processos e a responsabilidade de se cuidar de um outro ser humano são bem diferentes dos de se cuidar de um animal, portanto não faz sentido vc sugerir q eu deveria trocar uma coisa pela outra.
    5: quantos seres humanos desamparados e necessitados vc já ajudou hoje?

    Vamos fazer o seguinte: vc cuida das pessoas necessitadas, enquanto eu me importo com gatinhos, tá bom? Assim todo mundo sai ganhando. =)


    Vou deixar umas coisinhas para vc e outros "anônimos" espertinhos que acontecerem de passar por aqui com essa sua mesma "opinião" furreca lerem:

    http://vista-se.com.br/redesocial/por-que-nao-vao-ajudar-criancas-com-fome/

    http://www.anda.jor.br/2011/03/05/os-cachorros-ou-as-criancas/

    http://www.anda.jor.br/2010/04/16/tanta-crianca-passando-fome-e/

    http://www.interney.net/blogs/lll/2011/04/23/voce_ai_salvando_vira_lata_e_tanta_crian/

    ResponderExcluir
  4. São lindos, tomara que arrumem um lar logo, logo. Mas um lar bondoso, né.
    Eu moro no RS senão, com certeza, eles já teriam um lugar. ):

    ResponderExcluir
  5. Muito bom, Carol. Mas se me permite acrescentar algumas coisas ao que escreveu, diria mais. As coisas não são separadas. Existe descaso e desprezo humano por algumas formas de existência, epecialmente as mais frágeis. Ouvimos durante toda nossa educação: "respeite os mais velhos" essa é uma forma velada de dizer: "respeite os mais fortes, os maiores". Não nos ensinaram a respeitar a todos/as.Queria ter ouvido: "respeite os insetos", "as crianças na rua", "respeite as transsexuais". Respeitar apenas quem tem poder é fácil, difícil é respeitar os menores, os animais, os domináveis, as minorias. Quando aprendermos que toda forma de vida animais, humanos (independente do lugar que ocupam)devem ser respeitadas pouco teremos que pensar em proteção.

    ResponderExcluir
  6. Oi Carol!
    Sou eu Ju (0snow-white0 do deviantart, nao sei se vc lembra rs). Vc se parece muito comigo nessa questao de animais! rs Já fiz muito isso com gatinhos e cachorros. Tem muita gente ruim no mundo, infelizmente. Espero que encontre pessoas que adotem essas fofurinhas!

    Bjs,

    ResponderExcluir
  7. Puxa, Anônimo, parabéns, como vc é COOL! Trollagem mto loca! Abalô geral! Vai lá bater a punhetinha da vitória agora!

    ResponderExcluir
  8. Inofensiva, Ju, Sheylane, Lina... obrigada pelo apoio e pelos votos de boa sorte. <3

    Acabei de "brigar" com a dona do salão q de novo tava falando em botar os gatinhos numa caixa e "jogar fora". Espero MTO q ela não faça nada até eu conseguir donos pra eles...

    ResponderExcluir
  9. Existem muita pessoas más no mundo, e o que vc está fazendo é lindo.
    Já fiz muito isto também. Todo tipo de vida merece respeito.E não porque não podemos fazer o muito que queremos que vamos deixar de fazer o pouco que podemos, não é mesmo?
    Parabéns!
    Esses gatinhos são lindos demais, pena que eu moro longe.

    ResponderExcluir
  10. quero um gatinho! onde estão?
    vania_vaini@hotmail.com

    ResponderExcluir
  11. Ainda bem que você tem essa atitude, se mais pessoas no mundo fossem como você o mundo seria um lugar bem melhor.

    Fiquei meio preocupada com essa história de alguém ter aparecido e levado os três... Será que a mulher não fez nada com os gatinhos...? Não quero nem pensar. São lindos!

    ResponderExcluir
  12. Mandinha, eu tbm tô super preocupada com isso. Ainda mais que agora a pouco a moça do Beco da Esperança, a quem pedi ajuda pra divulgar os gatinhos, me disse que "ninguém bem intencionado adota 3 gatos", que ou a pessoa era mal intencionada, ou a mulher deu fim neles e tá mentindo... putz, tô com dor de barriga de preocupação, até.
    Vou tentar mais informações dela amanhã, tentar ver se ela tá mentindo ou não.

    Se eu descobrir que ela deu fim nos gatos e tá mentindo, juro que faço campanha pra boicotar aquele salão...

    ResponderExcluir
  13. Nossa esse processo de achar dono pra gatinhos é tão doloroso =/ Já passei por uma experiência TERRÍVEL tentando achar um lar pra um gatinho, pena não podermos acolher todos.
    Espero que essa pessoa do Beco da Esperança esteja errada e que alguém muito gente boa tenha adotado os gatinhos! Joga uma bomba nesse salão se essa mulher estiver mentindo!

    ResponderExcluir
  14. Carol, vai-e-volta tem um gato abandonado por aqui. Eu sou assim, que nem você. Amo a natureza e suas dádivas e breve quero me formar em Biologia. Eu aamo animais e tenho só uma hamster que tem um ano e meio e (pelo que ouço) tá pra morrer. Tive um cachorro quando pequeno que se chamava bob, ele era uma mistura de basset com fox paulistinha. Um dia eu precisei me mudar de cidade e minha mãe deixou o meu cãozinho com um caseiro, assim, de roça mesmo. Fiquei feliz porque meu cachorro ia se lambuzar na terra e correr no mato esse tempo que estávamos escolhendo a nossa casa. Eu morava em uma cidade pequena e ia me mudar pra uma maior. Até aí estava tudo certo, só que no decorrer das escolhas das casas minha mãe escolheu um apartamento. Não me preocupei, pois pra tudo minha mãe dava jeito. E foi numa dessas que descobri que o caseiro tinha dado veneno pro meu cachorro, e que ele já estava morto. Nossa, fiquei muito triste. Anos depois vim perceber que o fato de eu me mudar para um apartamento e a morte dele estavam ligados, e daí tirei a conclusão de que possa ter sido a minha mãe que tenha pedido pro caseiro ficar com o cachorro de vez, e inventou essa história para eu não ficar com muitas saudades de Bob. (Ou ele matou meu cachorro porque minha mãe o contou que não poderia ficar mais com ele, tento não pensar nessa crueldade) Depois de sete anos morando aqui, comprei meu hamster e esse é o agora. Meus pais sempre odiaram gatos e minhas irmãs (tenho duas) adquiriram o gosto, eles são desses que dizem que gatos são "vingativos ou criaturas más e blá blá blá", mas eu sempre amei gatos e nunca mudei meu gosto. O problema é que eu tenho alergia a pelos de gatos ou cachorros (não sei exatamente, mas minha mãe disse isso.) fiz o exame a muitos anos atrás e deu essa alergia. Enfim, esses dois fatores (o fato de eu morar em apartamento agora, e a alergia a pelos) fizeram com que dificultasse a realização do meu desejo de ter animal de estimação.
    E os mesmos fatores aumentaram a raiva da minha mãe por gatos e o pavor dela de imaginar um gato ou um cachorro aqui onde moro.
    Eu quero que você me ajude com "dicas" para convencer meus pais a me deixarem adotar um gatinho, e queria saber quais as suas despesas com um gato por mês, além disso, quero saber se você tem alguma dica para limpar pelos e tudo mais, ensiná-los a fazer cocô em um só lugar e etc. Eu tenho a sorte de morar em uma rua tranquila, onde tem uma pracinha em frente e qualquer coisa eu desço e o levo pra ficar comigo lá.
    Já tentei até o argumento de que eu vou me desprender do computador e levar meu gatinho pra passear lá fora comigo, pra assim eu poder respirar um ar puro também, mas nada adiantou. Ajuda-me :'(
    Vou ficar de olho com sua resposta aqui, mas qualquer coisa meu twitter é @dontrs, obrigado!

    ResponderExcluir
  15. Ah! pra completar; quais os processos de antipulga e castração e vacinas que devo fazer? Há algum lugar onde eu posso me informar sobre tudo que devo fazer? Obrigado! (de novo)

    ResponderExcluir
  16. Olá Caroline! Tudo bem?
    Eu vi sua galeria no deviant art e amei muito suas ilustrações. *-* então vi seu blog, e puxa, me identifiquei ao máximo com as coisas que você escreve.
    E o que é legal, trabalhei como artesã por alguns anos, fazendo bijuterias.
    Você é muito especial e quero sempre visitar aqui. Posso te linkar?
    Bjos! ^^
    Jéssica
    http://desanuviados.blogspot

    ResponderExcluir
  17. Dont, eu demorei eras pra te responder, e quando fui responder o blogger tava fora do ar, e aí demorei mais ainda. u_u Desculpa.

    Olha, eu absolutamente não entendo essas pessoas que dizem não gostar de gatos por causa dessas coisas senso-comum-ignorante de que "gatos são traiçoeiros" e coisas assim. Gatos são criaturas amáveis, engraçadas, e apesar de alguns serem mais independentes, eles podem ser extremamente carinhosos e até carentes (os meus são! me dão banhos de língua e fazem de tudo pra chamar a atenção, qdo acham q não a estão recebendo devidamente hehehe).

    Mas eu realmente não sei como convencer sua família de que gatos são lindos. Pq pra mim isso é simplesmente uma questão de coração. O amor pelos animais surge instantaneamente, quando se tem empatia, quando se ama oq é vivo, e bonito...

    Quanto a morar em apartamento, isso não é nenhum problema. Eu moro em apartamento também, sempre morei. Gatos são ideais pra ap. Só tem que botar telas nas janelas... senão tragédias podem acontecer =(

    Quanto a alergia... olha. Eu nunca tive alergia a bicho. Tive gatos quando criança e tudo mais. Mas depois que minha gatinha morreu, eu comecei a ter alergia a pêlos de bicho. Uma vez eu li que 98% das nossas alergias são de causa emocional. Pra mim isso ficou óbvio, pois desenvolvi alergia depois da morte da minha gata, que foi bem trágica. Eu mandei a alergia pra pqp qdo resolvi que ia ter gatos de novo, pq meio que estava convencida de que ia sarar, simplesmente por amar demais os gatinhos, sabe? E que isso ia apagar os possíveis traumas, ou sei lá, que meu emocional tenha ficado com a morte da minha gata.
    Bom, eu convivo maravilhosamente com meus gatos. =) Eu ainda tenho um tiquinho de alergia, que me faz espirrar e escorrer o nariz, quando tô mais sensível ou quando acumula pêlos/poeira em algum lugar. Mas aí tem que ver se com vc, seria o caso né, se sua alergia é pior, sei lá...

    Enfim... eu não sei se posso te ajudar nesse problema com sua família =( Como convencer as pessoas a usar o coração, né? Elas nem sabem o bem que faz ter esses bichos por perto... aqui em casa é outra coisa agora que temos os gatos. Eles trazem uma alegria imensa, fazem bagunça, interagem, trazem vida... Mas convencer pessoas que estão fechadas a isso é realmente difícil.
    Espero que vc consiga, de qualquer forma. Se eu tiver alguma idéia, hehe... eu aviso!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  18. Gente, me ajudem? Eu tenho 12 anos e quero convencer meus pais a me deixarem ter um gato. O problema é o seguinte, minha mãe não gosta muito de bichos dentro de casa, mesmo eu tentando convencer ela de que gato é limpinho. Também ela fala que não tem espaço pra cuidar do gato dentro de casa me ajudem? Ah, e caso ela deixar, queria saber se tem perigo o gato dormir do lado de fora, pq de preferencia queria que ele não saisse por ai a noite, e queria saber onde eu ia colocar os potes de água e comida, em casa ou no quintal? BEIJOS AJUDEM POR FAVOR?

    ResponderExcluir
  19. Oi, Anônimo!
    Vc não deixou nenhuma informação de contato, então não sei se vc vai ler isso, mas em todo caso vou responder aqui =)
    Olha, alguns gatos podem até ser meio espoletas, mas eles em geral são mto tranquilos pra se ter dentro de casa e só trazem alegria! E eles são bem limpinhos, fazem a sujeira na caixinha de areia, e não tem nenhum cheiro (os meus nunca tomaram banho e são cheirosinhos, hehe).
    O ideal é não deixar ele sair pra rua, pq ele fica mto exposto a doenças, perigos, etc... o melhor é q ele fique sempre dentro de casa! E que os muros do quintal sejam altos, pra ele não sair!
    E os potinhos de ração e água podem ficar dentro de casa (se deixar lá fora acho q pode chover e molhar, né?), aqui no meu apartamento deixamos na área de serviço =)
    Espero ter ajudado, se precisar de mais alguma dica é só deixar recado!
    Ah! E não compre gatinhos, viu? Adote, pois muitos estão à espera de um lar ;)

    ResponderExcluir
  20. E sempre é bom lembrar: quando vc adota um gatinho, é pra vida inteira (dele né) =) Vc fica sendo responsável pela vidinha dele, não pode abandonar depois.

    ResponderExcluir

Real Time Web Analytics