domingo, 24 de outubro de 2010

A Pequena Sereia



Imagina se eu ia começar a pintar um desenho e ir até o fim? Nããão. Peguei outro rabisco velho e comecei a pintar também.
Essa é a Ariel, a Pequena Sereia, na minha versão - porque pra mim sereias não são meninas fofinhas com rabo de peixe, mas, citando o filme Peter Pan de 2003...

"...são criaturas sombrias, em contato com tudo que é misterioso."

Sereias vivem na água, lar de emoções profundas, abismais, na companhia de lindas criaturas coloridas e horríveis monstros abissais. E também a origem da vida como conhecemos.

Eu amava a Ariel quando era criança, e queria ser uma sereia a todo custo. Ia pra piscina e cruzava os pés pra fazer de conta que era uma cauda de sereia, e ficava feliz tentando nadar desse jeito.
Gostava do jeito que meus cabelos se comportavam debaixo da água, se mexendo daquele jeito macio.

(ainda hoje, se por acaso vou à praia,
faço de conta que sou sereia
e fico rindo sozinha brincando com as ondas,
e com as outras sereias invisíveis)


Eu confesso: eu gosto de princesas da Disney. Tenho meu lado girly. Mas a maior diversão mesmo é pegar elas e subvertê-las a uma versão menos vazia, mais repleta de mitologia.


PS: Ah, obviamente isto é um WIP. Não tá pronto. Tá?

7 comentários:

  1. Você conseguiu misturar o sombrio e o belo num mesmo desenho! Amei!

    Beijus,

    Adash

    ResponderExcluir
  2. Lindo e misterioso. Seria mais bacana se ela estivesse rodeada com objetos humanos (mas mais macabro ainda, como caveiras humanas, por ex, arpão de pesca de baleias, etc). Parabéns, moça!

    ResponderExcluir
  3. lindo :D na russia e na tchecoslováquia as sereias tem cabelos verdes e brancos.

    ResponderExcluir
  4. Que liiinda!
    Mesmo com esse ar sinistro, ela ainda é hipnotizante!
    Olha não sei vc, mas eu tenho medo de sereia!

    ResponderExcluir
  5. Eu sempre amei sereias e sempre amei a Disney! :)

    Aliás, sempre achei que tudo ganha um ar diferente, delicado e misterioso debaixo d'água... Folhinhas quase fundando, roupas se mexendo devagar, cabelos parecendo que tem vida própria...

    Aliás, como eu posso te mandar as fotinhos da mariposa? (:

    ResponderExcluir
  6. Os seus textos e desenhos me lembram Perelandra. É muito legal.
    Parabéns pelos textos e desenhos.

    ResponderExcluir
  7. Não conheço Perelandra, Rogério. É de um livro, né? Me deu vontade de ler. =)

    ResponderExcluir

Real Time Web Analytics