sábado, 23 de outubro de 2010

O limbo dos pensamentos

Work-in-progress. Um desenho de 2008 que resolvi pegar e colorir nesta madrugada, porque reciclar é bom.

Aí eu queria falar sobre uma coisa que acontece comigo sempre mas é tão surreal que eu sempre esqueço, mas outra noite aconteceu e eu anotei no caderno pra não esquecer.

Você está com os olhos fechados pra dormir, e viajando nos pensamentos. Começa a pensar em algo, vai seguindo a linha de pensamento, é uma coisa lógica, normal. De repente é como se o observador na sua mente se tornasse consciente daquilo e você se afastasse subitamente daquele pensamento e ele perdesse totalmente o sentido em uma fração de segundos. Estava tudo bem até algo acontecer na sua mente, como se você desse um salto e o que estava pensando até então se tornasse bem distante, e se fragmentasse, e sumisse rapidamente, e o único pedaço que fica é algo que você não entende, até que, por mais que você faça um rápido esforço pra agarrar aquilo que está fugindo, já era. Perdeu-se num abismo esquisito, talvez lá pro fundo do seu inconsciente, e você VÊ isso acontecer bem ali na sua frente. O pensamento escorregar pra um buraco negro e você esquecer instantaneamente.

É uma sensação bem surreal. Como se você mudasse de dimensão de repente, e aquilo que fazia sentido até um segundo atrás já não faz mais, neste universo. É tão estranho que por mais que sempre acontecesse, eu nunca lembrava disso em outros momentos. O próprio momento em que isso acontece desaparece da memória. Mas quando acontece, surge aquela sensação de familiaridade, como naqueles sonhos em que você sente que já esteve naquele lugar/situação antes, em algum outro sonho que já teve. Você só lembra daquilo quando está sonhando, quando está no universo dos sonhos, aí você lembra que já esteve naquele lugar, porque está ali de novo. É a mesma coisa, esse limbo dos pensamentos. Você só se dá conta de que já aconteceu antes, quando vai parar ali na beira do abismo de novo, e vê o pensamento escorregando lá pra baixo.

4 comentários:

  1. Nossa o.o é como mudar de dimensão de repente mesmo! E é ruim não lembrar do pensamento que caiu. Igual quando no sonho você lê alguma coisa ou escuta alguma música e aí quando acorda, já era, aquilo continuou no mundo dos sonhos e não conseguimos lembrar :l

    ResponderExcluir
  2. Acho isso é tão frustrante! Essa sensação de "mudança de dimensão" acontece muito comigo... as vezes eu consigo lembrar de um ponto e aos poucos o resto aparece na mente, dá pra continuar de onde parou e zaz, mas na maioria das vezes é só o vazio que resta mesmo. E a curiosidade de saber pra onde foi aquela rede de pensamentos. As vezes eu consigo lembrar de redes inteiras que eu montava antes de dormir quando era pequena.

    Mais frustrante ainda é quando quero lembrar de todos os detalhes de um sonho, e até consigo quando acordo naturalmente, mas se acordo com o despertador ou com alguém me chamando, o susto me deixa tão atordoada que eu esqueço imediatamente! Só consigo sentir o Godzila no meu estômago tremendo. Não é fome, veja bem, mas ÓDIO MORTAL por ser acordada com o susto da troca abrupta de dimensões. Aí tenho que me conformar e esperar pra ver se algum dia eu lembro. As vezes palavras-chave (ou objetos, cheiros, lugares, etc.) desencadeiam as memórias. É curioso quando tudo se mistura e os sonhos se tornam sequências, como dos filmes/séries: se fui acordada na marra do 1º sonho, algum dia sonho com uma sequência dele como se nunca houvesse interrupção, e minha mente as vezes é prestativa ao ponto de não me deixar no branco, ela até me apresenta uma pequena recapitulação do 1º sonho pra eu ter aquela sensação de familiaridade com a história e me preparar para o que vier. Desses eu sempre lembro! :)

    ResponderExcluir
  3. Isto tammbém acontece comigo e é estranho, muito estranho.
    Além de me deixar irritada e frustada, isto consegue me tirar o sono.

    Ah, o desenho está ficando lindo, já o tinha visto descolorido no seu DevintArt.

    Bjs e até logo...

    ResponderExcluir
  4. Esse tipo de coisa acontece com todas as pessoas, porem não são todos que lembram, se você e essas três pessoas que comentaram acima de mim continuarem sonhando assim e forem se esforçando para se manterem "sem o abismo", podem se surpreender com os resultados.
    O que escrevi parece um bando de baboseiras, eu mesmo relendo acho isso, mas tentem, não custa, porem não vão conseguir tentando 1 ou duas vezes...

    ResponderExcluir

Real Time Web Analytics