sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Sinal das profundezas... ou da superfície?

Acho que é uma coisa desse pessoal que faz arte, ficar na superfície é ruim, muito ruim. As coisas que me interessam estão lá embaixo. E tem alguma coisa que não me deixa mergulhar. Poderia ser gelo, mas não é. Acho que é plástico. Maldita poluição dos dias de hoje!
Mas aqui, da superfície, privada das profundezas de onde vêm a inspiração, eu acho que ainda consigo fazer um buraco e pescar alguma coisa lá do fundo. Coisa pequena. Lambaris de inspiração. Aqui e ali, pra enganar a fome.
A alma vai ficando cada vez mais faminta, mas isso não pode durar muito mais tempo.

Crânio de unicórnio e um novo ACEO, feito em grafite.

(A única coisa que consegui desenhar nos últimos dias foi um crânio. Tentei pensar em coisas bonitinhas, mas foi o crânio que soou o sino. Sinal claro de que estou percorrendo um vale morto, mas crânios também falam, e têm poder. Hum, quem sabe eu deva pegar emprestado um dos crânios luminosos de Baba Yaga. Depois de cozinhar pra velha. A velha precisa comer!)
Fadinha nua, gordinha e feliz. Eu estraguei o fundo em que ela estava então recortei em volta dela, e agora ela está grudada no meu mural, sorrindo pra mim e me lembrando que ela é livre.

Meu pai havia perguntado o que eu queria de aniversário. Pensei e depois mandei pra ele uma pequena lista de livros do Brian Froud. "Adoraria ganhar qualquer um destes", eu disse. Pelo correio, chegaram todos! Quiquei de alegria. Aí estão eles, lindos:

(na minha cama desarrumada.)

O lado contrário do livro "Good Faeries" é "Bad Faeries". Fotografei duas para lhes mostrar - do lado das "más".

Anxious Annie

É a fada que senta em nossos ombros e mordisca nossas orelhas, agitada e nervosa, nos deixando mais e mais preocupados, mais e mais convencidos de que algo desastroso está prestes a acontecer. Quando estamos paralisados de tão nervosos, ou acordados às 2 da madrugada imaginando cada pequena coisa que pode dar errado, Anxious Annie está por perto. Não se pode livrar-se dela à força, pois ela é tímida mas persistente. A única defesa contra ela é fazê-la rir, o que então a faz ser bem adorável.

The Gloominous Doom

Froud diz que este é um velho amigo dele. Acho que posso dizer que é meu também. Das negras profundezas da depressão, Gloominous Doom se desespera e lamenta: "Não consigo fazer isso", ele diz, de ombros caídos, suas asas gotejando. Ele segura a esfera do pensamento claro logo atrás de si, contendo todas as suas esperanças perdidas, e vai se tornando pesado com pessimismo. "É tarde demais agora", ele suspira. "Deixei tudo pra trás."
Peça a ele para trazer aquela esfera de esperança para frente de si, que é quando ela se torna uma esfera perfeita. Entre nela, seguro e protegido pela luz da clareza - e os passos incertos e embaralhados do Gloominous Doom se transformam na a dança de Luminous Loon.

12 comentários:

  1. Fadinha gordinha sexy. Gosto muito de gordinhas sexys, tb!!! E poxa, guria, como essas cores de terra q tu usa nos teus trabalhos são legais. O sombreado com tons esverdeados é algo que sempre tento acrescentar pra dar mais suavidade à arte, mas raramente consigo........... na real acho q nunca consegui. Interessantes esses livros, vou ver se cato algumas imagens deles na internet. E também preciso postar alguma coisa no meu blog neste 2010.
    Muito massa!!! =)

    ResponderExcluir
  2. Tenho a impressão, que para a arte fruir uma arte livre de pré concebimentos nossos, temos que ter acesso tanto ao céu, quanto ao inferno.
    Mas nunca da pra saber se subimos o suficiente ou se descemos o suficiente.
    Mas os resultados - de "descer"ou "subir" sempre são recompensadores. Fica um sentido do macro e do micro, que é nosso auxilio neste exercício de cognição, percepção e, comunicação de conceitos que permeiam a alma intima e o inconsciente coletivo.
    Desejo boas viagens! ;)

    ResponderExcluir
  3. "Fada,fada... na superfície só existem coisas óbvias e todos ali ficam satisfeitos com a normalidade local.
    Muitos não arriscam mergulhar porque correm o risco de se afogar.
    E com isso não há volta.
    Aqui em baixo é maravilhoso e vc sabe disso.Eu queria estar mais
    fundo mas estou me preparando. Aliás estou vendo você daqui,
    tudo indica que vc...

    ...FADA vc está dormindo!!(XDXDXDXDXD)
    são pesadelos,isso já passa."
    ---------------------------------

    @inspiração:
    Nah,sério agora, a inspiração vem com algum objetivo, uma vontade
    lá do fundo de fazer algo, mostrar para todos.Acho que se
    tentasse criar um mundo ou algo diferente pra certo mundo isso
    provocaria teu instinto criativo.

    Ex:"humm,vou criar uma coleção de chapéus para fadas" ou
    "diferentes casinhas de duende".

    Algo a ver com o mundo que vc conhece,tente modificá-lo,deixar
    com seu estilo.Se concentre %D.
    -----------------------------
    @Fadinha gordinha: sempre gostei de suas fadas gordinhas.Me
    lembra das gordinhas dos quadros renascentistas.Saudáveis.
    -------------------
    @Livros: Perfeito!
    -------------------

    *Anxious Annie me visitou 2 dias atrás e não me deixou dormir.

    abraço! até+++

    ResponderExcluir
  4. Hhahah anxious annie é uma figura! Troco mó idéia com ela quando to desenhando, depois de fazer uns desenho tosco pra descontrair e fazer ela rir é mais facil meter a cara naquela ideia manera, ela até me ajuda :P

    ResponderExcluir
  5. Carol, como você pode ter feito aníversário e não falar nada sobre isso no seu blog!! Poxa, um nerdfaketoscosquenuncateviunavidaqueéstalkerdaGeisyquenãoconseguiuteaddicionarnomsnporincompetencia tem direito de saber disso u_u.

    Engraçado, estou tão acostumado ao que você costuma desenhar, que se torna muito interessante ver um desenho seu de uma coisa como um crânio ou de um ACEO feito só com grafite. Eu adorei o ACEO, gosto muito de coisas feitas só com grafite =).

    Que legal que você ganhou todos os livros que queria! Esses livros contam uma história só, de contos ou uma espécie de enciclopédia sobre fadas?

    E eu devo ter uma Anxious Annie num ombro e um The Gloominous Doom no outro, explicaria bastante coisa...

    ResponderExcluir
  6. Olá! uma vez vi seu deviantart e achei sua arte muito fascinante, muito linda! daí esses dias encontrei o blog, fiquei encantada com tudo! Li quase o blog todo ontem a noite haha

    Awnn *-* Sou eu que escrevo sim, Obrigado! :} :**

    ResponderExcluir
  7. Oi... me dá seu pai de presente? Tô esperando o meu lembrar que eu fiz aniversario em janeiro ate agora. Esquecer o dia, vá la... MAS O MES? Oi... ja entramos em fevereiro e eu qro 100 reais!
    Btw... vou pra sua casa só pra ver os livros. 3x cada.

    ResponderExcluir
  8. Ah Carol, só para avisar, um site do Dr Parnassus está fazendo um concurso em que você divulga o filme o filme no seu blog,e-mail ou facebook. Quem ganhar ganha alguns posters originais do filme. Caso tenha interesse, no link tem todas as informações.

    http://imaginariumofdrparnassus.com/blog/2010/01/27/dr-parnassus-giveaway-extravaganza-prizes-announced/

    ResponderExcluir
  9. Olá, é a primeira vez que visito seu blog e ele é tão aconchegante e com um tema muito limpo e singelo. Adorei de verdade! Eu sou "adepto" de crenças na mitologia nórdica e escandinava, elfos, anões e etc... Suas fadas são com certeza mais uma luz à minha imaginação! Forte abraço!

    ResponderExcluir
  10. A fada gordinha parece a Miiirrrnaaa de Alma Gêmea, rs.
    De qualquer forma, melhor fadas que gnomos.
    :P

    Beijo, Carola!

    ResponderExcluir
  11. Stewie, não quis fazer alarde sobre meu niver, mas foi em janeiro e agora tenho 24 anos XD
    E os livros não contam histórias... são meio que como "enciclopédias" mesmo!

    ResponderExcluir

Real Time Web Analytics